Porque desenvolver com Flex?

Olá pessoal,

Bom, esse post é pra dar mais um motivo para você gostar mais ainda de desenvolver em Flex, e também para que quem estiver iniciando no framework, não tenha dúvidas de seus benefícios.

Logo que converso com alguém que acabo de conhecer e que trabalha e/ou estuda na área, pergunto:
Você conhece o Flex“?
Resposta:
Não, não seria Flash“?
Inclusive, foi essa a resposta que dei quando me perguntaram a mesma coisa!
No entanto a sua popularidade está subindo, no início do ano passado quando o conhecí e comecei a procurar a respeito, era um pouco mais difícil ver pessoas comentando e blogs nacionais.

Bom, a tendência, que inclusive já podemos observar é que o conceito R.I.A está crescendo e o nosso bom e querido Flex elevando-se em sua popularidade.
E ao entrar no encantado universo R.I.A, você tem 2 poderosas ferramentas de criação:

  • Silverlight (Microsoft)
  • Flex – Atualmente Flash Builder (Adobe)

Optei por escolher o Flex, o que devo saber para dar início ao desenvolvimento de aplicações?
Simples:

1°: Gostar, é a principal motivação, não apenas para programar no Flex, mais também para qualquer coisa em nossas vidas.
2°: Ser curioso, o que é ser curioso? É ir atrás, é estudar, é focar, é querer aprender sempre mais, é dominar a ferramenta.
3°: Praticar, praticar, praticar.. ah, e praticar.

Não estavam nada errados quando disseram que a prática leva a perfeição.
Agora vamos lá, o que o desenvolvimento em Flex especificamente me tráz de benefícios?

Você pode desenvolver aplicações Web, e também aplicações desktop, utilizando o AIR, rápida explicação: No Flex, ao iniciar um projeto, podemos escolher a opção do mesmo ser para Desktop, com a mesma estrutura de desenvolvimento que para web, com alguns parâmetros adicionais, como instalação, permissões, ícones, extensões e etc.. Mais falaremos do AIR em post’s futuros.

Compatibilidade: Quem trabalha com HTML, JS, CSS sabe que SEMPRE vai ter um navegador que vai apresentar algo incomum no que foi desenvolvido, eu sei e muito bem o que é isso, principalmente quando o prazo já tá em cima, e você tem que puxar mais algumas linhas de código para o navegador X ler, ou então criar páginas condicionais de CSS para cada tipo de browser, hoje em dia 98% dos computadores possuem Flash Player instalado, ou seja, com o Flex você não terá incompatibilidade em suas aplicações.

Interação com o Usuário: É possível interagir fortemente com o usuário, existem uma série de componentes, uma série de funcionalidades, e uma massa de aproximadamente 1,4 kg localizada dentro do crânio de quem está na frente do computador extremamente potente. Aliados fazem maravilhas.

Facilidade: Você não encontrará dificuldades em aprender a desenvolver em Flex, muito pelo contrário, a curva de aprendizado, vamos dizer assim que não existem grandes ondulações. Você irá aprender MXML que é a linguagem própria do Flex, para componentes, states e etc, ActionScript 3 para a lógica da aplicação, e se você já souber alguma linguagem server-side (PHP e ColdFusion por exemplo) pronto, você está com a faca e o Flex na mão.
E ainda tem a opção de visualização modo Design que permite montar o layout de sua aplicação clicando e arrastando componentes.
Temos mais, lembrado por Daniel Schmitz:
Outra qualidade muito boa do Flex é a velocidade (+facilidade) de acesso através do protocolo AMF3, que faz uma comunicação binária de dados entre o flex e o servidor. No caso do PHP, existem dois produtos gratuitos que proveêm esta comunicação. São eles: o AMFPHP e o Zend_AMF.

Mercado: Promissor! Cada dia vejo mais vagas para desenvolvedores Flex, temos agora a sua versão 4 (Flash Builder) que chegou com muitos recursos novos e mais facilidades comparado a versão 3, e sem dúvidas, o mercado precisará de bons desenvolvedores, essa é a hora de nós ‘somosdevs’ adquirimos o máximo que pudermos, só temos a ganhar.

Agora se você está se perguntando, poxa, quero aprender, por onde começar?
Hoje é fácil começar, procurar e achar.

Na Internet temos blogs com tutoriais, screencasts e etc, ótimos desenvolvedores que repassam seus conhecimentos para o pessoal, navegue na lista de links ao lado esquerdo do blog e você os encontrará, e também existem muitos que ainda não estão aí, mais que irei colocá-los.
Aqui também você vai encontrar bastante coisa, tanto técnica, quanto conceitos, dicas e etc..

A Adobe disponibiliza vídeos, documentação, uma série de fontes de informações, e vindas direto de ninguém menos que os fabricantes, ótimo para se aprender. (Em Inglês)

Livros, nosso amigo Daniel Schmitz, autor de 3 ótimos livros para o Flex na versão 3, já está escrevendo: Dominando Flex 4 que possui previsão de lançamento agora em Julho.

Cursos, se quiser acelerar ao máximo seu aprendizado, junte uma grana e faça, não irá se arrepender.

E atenção: Flex é para desenvolvimento de sistemas, não de sites!
Espero que tenham gostado do post!!

Forte abraço e um ótimo final de semana!