Empreender + Inovar + Gostar.

Sempre acreditei que com simplicidade pode-se se criar algo útil, e que fizesse a real diferença no mercado, no dia-a-dia e na vida das pessoas, e pra isso acontecer acredito fortemente na simples equação: (pensamento fora da caixa) + (paixão pelo que se faz) + (criação de algo útil) = uma ótima idéia.

E o que é uma boa idéia em um mundo onde já existe tanta facilidade, tanta modernidade?
É o mais óbvio, aquilo que ainda não foi pensado, não foi descoberto, e acredite: tem muito o que se descobrir ainda, muito.

O que vai te levar a descobrir estas válvulas propulsoras que podem revolucionar o mercado, sua vida, sua carreira é justamente a junção da habilidade de olhar para onde ninguém está olhando, não apenas percorrer pelo que está na sua frente como também saber olhar para o(s) lado(s), que é o que chamamos de pensar fora da caixa, junto a paixão pelo que se faz, no nosso caso (desenvolvedores e programadores) programar, criar, compilar, juntar uma porção de bytes e dar vida a códigos, sem esquecer de misturar esses dois componentes com o desejo/paixão em querer poder criar algo realmente útil, o diferencial.

Exemplos temos vários, criadores de redes sociais e demais serviços internacionais que utilizamos, aparelhos fantásticos como iPad, iPhone que causaram grande impacto no mundo da tecnologia, mas que nasceram no criadouro tecnológico apelidado de “Vale do Silício” nos EUA. Em particular acho fantástico darmos mais valor para estes exemplos quando são nossos conterrâneos, claramente hoje temos Marco Gomes, fundador da empresa de tecnologia de publicidade e Mídias Sociais Boo-box, que hoje alcança a bagatela de 65 milhões de pessoas com seus anúncios, que se você ainda não ouviu falar, acalme-se, ainda vai.
Marco é um ótimo exemplo do que foi dito acima, gostar do que se faz, pensar fora da caixa e correr em busca da criação de algo útil.
Em poucas linhas e bem resumidamente: Não nasceu em berço de ouro, passou por dificuldades e viu desde cedo que a vida não é fácil. Sua trajetória teve início em Brasília, montando computadores com 12 anos de idade, mais tarde abandonou a faculdade e veio em busca de seus objetivos aqui em São Paulo utilizando-se de seu talento e gosto: programação, onde aprendeu sozinho. Poderia muito bem ter seguido em apenas ser um bom programador, um bom desenvolvedor, ou até mais, empreender na criação de bons sites, bons sistemas, mas o mercado está repleto disto, entretanto foi nesta que entrou o componente que leva ao diferencial: o tão mencionado ato de pensar fora da caixa, Marco visualizou a oportunidade de gerar anúncios através de redes sociais, e hoje a empresa é a pioneira do Ramo no Brasil, conta com 70 funcionários e o crescimento é claramente visível.

Exemplos como estes, que misturam os componentes da nossa equação mencionada acima, e também com superação e determinação nos animam e empurram ainda mais em busca dos nossos objetivos.
O mais interessante é que quando seguimos neste caminho, nosso cérebro adiciona uma função a mais para trabalhar o dia inteiro, a busca desta idéia, a busca da oportunidade.
Neste momento escrevo este post às 3 da madrugada de uma Sexta-feira, onde poderia estar me divertindo com meus amigos, descansando, dormindo, mas minha mente não permanece ativa apenas no espaço-tempo pertencente ao meu expediente, e sim o tempo todo e a todo tempo, e neste momento resolvi compartilhar isto com quem também se identifica com este(s) objetivo(s), com a intenção de nos motivarmos mais, acreditarmos mais, gerando bons serviços, boas idéias, empresas fantásticas, inovadoras e memoráveis histórias de sucesso, que servirão de inspiração para nossos filhos, netos e assim por diante.

Nós todos, sem exceção, possuímos uma ou mais idéias brilhantes, dignas de revolucionar ramos, áreas e o mercado, nossa missão é encontrá-la(s), e quando existe o interesse alinhado a toda essência contida neste post pode-se concluir que sim, encontraremos, uns mais cedo, outros mais tarde, mas tudo isto no seu tempo e com o resultado da experiência que obteve-se até chegar na sua idéia.

Pense diferente, o comum é inotável.

Um abraço e um excelente final de semana.